segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Depoimento da Dr. Victor Majela, Juiz do Trabalho, ex-participante do GELT

Caros loucos por trabalho.

Divido com vocês as palavras de incentivo do Victor Majela, aprovado no XX concurso de Juiz do Trabalho Substituto do TRT da 6ª Região, mais um participante do Grupo de Estudos Loucos por Trabalho que realizou o sonho da magistratura do trabalho.

Tive a oportunidade de conhecer Victor na prova oral do TRT23, quando ele acompanhou as 24 horas da querida amiga Gisleine, também participante do GELT e aprovada no XX concurso de Juiz do Trabalho Substituto do TRT da 23ª Região. 

Logo percebi que ele era um candidato esforçado e que seria uma questão de tempo e perseverança até sua aprovação. Pouco tempo depois tive a honra de reencontrá-lo no GELT, onde minhas impressões realmente se confirmaram.

A Equipe GELT ficou muito feliz por participar do projeto dele, sendo grata pela confiança dele (e de todos os antigos e atuais participantes) em nosso trabalho.


Sigam firmes na direção da toga!



Pessoal, vou contar um pouco do caminho traçado por mim até a obtenção da tão sonhada aprovação na magistratura trabalhista.
Comecei os estudos em agosto/2008, um pouco depois da minha formatura, e logo em 2009 fiz a minha primeira prova, o concurso de Minas Gerais. Não passei de primeira na 1ª fase, mas no concurso seguinte, de São Paulo/2010, obtive a aprovação nesta fase. Sempre tive uma certa facilidade nas provas objetivas. Fiz mais de 30 concursos (perdi as contas) e somente não passei em 2 primeiras fases.

domingo, 2 de outubro de 2016

Atual Livro de Súmulas e OJ do TST



Loucos por trabalho,

Baixem o Livro de Súmulas e OJ do TST, atualizado até a Resolução nº 212 (DEJT, disponibilizado em 20, 21 e 22/09/2016).

Abraços e bons estudos!

Fonte da imagem: TST

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Depoimento da Dra. Gisleine, Juíza do Trabalho, ex-participante do GELT



Olá a todos que hoje fazem parte do GELT e para aqueles que se interessam em conhecer um pouco desse grupo de estudos, que é louco por trabalho, em todos os sentidos.
Ainda em meio a tantos sentimentos e emoções, hoje, aprovada no XX Concurso de Juiz Substituto do Trabalho da 23ª Região, quero compartilhar com vocês um pouco da minha trajetória e de como os professores Adalberto Barreira Neto e Vladimir Paes de Castro foram fundamentais para a concretização do sonho de estar aqui prestando esse depoimento.
Sou servidora da Justiça Federal e no final de 2008 fiz meu primeiro concurso da magistratura do trabalho, ocasião em que apesar do pouco conhecimento em direito do trabalho obtive aprovação na primeira fase, o que me motivou e me fez acreditar que seria possível seguir adiante.
Entretanto, passei por um período de mudanças no trabalho e de maior dedicação ao meu filho, e apenas retomei os estudos, com mais dedicação, no segundo semestre de 2010, e a partir daí foram muitas viagens por todo o Brasil.
Em 2012, conheci os professores Adalberto e Vladimir por intermédio do curso Emagis, mais voltado aos concursos da área federal. Fiquei encantada com o trabalho realizado na correção das sentenças, tamanha a dedicação, zelo e atenção dispensada aos alunos. Vi pela primeira vez que a minha resolução de sentença era lida por inteiro, parágrafo por parágrafo, com destaque para cada detalhe, e sempre com uma observação ao final. Realmente, havia um enorme diferencial no trabalho realizado pelos queridos professores.
Contudo, em muitos momentos, em razão do trabalho, cuidado com casa e filho, não consegui me dedicar como deveria.
Não bastasse, no final de 2013 até meados de 2014, passei por uma das fases mais difíceis da minha vida, pois, além de colher muitas reprovações, já tomada pelo cansaço e desânimo, tive sérios problemas de ordem familiar, e foi quando estava decidida a não mais prosseguir, havia inclusive cancelado a minha matrícula junto ao curso.
Guardo até hoje a emoção que senti no dia 18 de junho de 2014 (chorei muito naquele momento e me emociono só de pensar nessa cena), ao receber um e-mail do professor Adalberto, me convidando para fazer parte do GELT. Foram palavras maravilhosas de incentivo e de alguém que acreditava no meu potencial, quando eu já não tinha forças para tanto.
Para aqueles que acreditam isso é o que se chama ressurreição. É vida nova que surge, o ser é tomado de um ânimo que não se sabe explicar de onde vem. É, com toda certeza, manifestação do divino, e o professor Adalberto foi instrumento do divino em mim.

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

História de superação

Em tempos de poucos concursos, compartilho com vocês um pouco da história da Excelentíssima Juíza do Trabalho, Dra. Brígida Della Rocca Costa, um exemplo de ser humano com muita perseverança, dedicação e amor à toga.

Confiram: Magistrada se despede de MT para tomar posse no TRT/SP

Não desanimem!

Abraços e bons estudos!